Mulher / Saúde

+ Saudável

Nutricionista cria cardápio de baixa caloria para o verão 2013

Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2012
Conheça alguns alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo
A A A
Nutricionista cria cardápio de baixa caloria para o verão 2013 Fotos: Stock.XCHNG

Foi dada a largada para mais uma nova temporada de verão. Hora de pegar um solzinho, curtir uma praia, e para muitas mulheres, época de cuidados especiais com o corpo e a alimentação. “No calor, a tendência é que nosso organismo trabalhe um pouco mais devagar. O metabolismo fica mais lento. E por conta disso, pedimos para que as pessoas consumam alimentos que sejam de fácil digestão”, afirma a nutricionista Rosemeire Rosângela da Silva.

+ Horóscopo: saiba o que os astros reservam para a sua semana

Uma dieta equilibrada, composta por pelo menos cinco porções de frutas ao longo do dia, oferece uma quantidade pra lá de satisfatória de nutrientes para o bom funcionamento do organismo, diz a especialista. “Sempre peço para meus pacientes comerem frutas da época. No verão, pode ser o pêssego, o abacaxi, que é super-hidratante, a melancia, o melão. Um mix desses alimentos oferece também vitaminas e mineiras essências para o corpo”.

Beba + água!
O consumo de água é também fundamental para os dias mais quentes. De acordo com a nutricionista, pode-se manter a quantidade recomendada de oito copos de 200ml por dia, ou então, aumentar de acordo com o metabolismo de cada indivíduo. “Tenho uma fórmula para aquelas pessoas que não gostam do paladar da bebida, que é aromatizar. Pode ser com algumas folhinhas de hortelã, uma colher de suco da lima da pérsia ou até uns cinco, seis cravinhos. O cravo tem uma substância que ajuda a acelerar o metabolismo, portanto, favorece o emagrecimento. O mesmo acontece se misturarmos gengibre com melão. Ajuda a emagrecer”.

Sobremesa que emagrece
Outra dica bacana ensinada pela nutricionista para acelerar o metabolismo é pegar uma banana, cortá-la ao meio e polvilhar por cima da fruta cacau em pó ou canela. A sobremesa pode ser consumida em um lanche no meio da manhã ou à tarde. “Nós temos que dar substrato para o nosso organismo funcionar direitinho. Se deixarmos de ofertar alguns minerais ou vitaminas, podemos causar um desequilíbrio e então nosso organismo não irá funcionar adequadamente como deveria”, explica Rosemeire.

Os benefícios da água de coco
Rica em eletrólitos (substância mineral ligada à quantidade de água que temos no corpo), a água de coco é uma excelente fonte de hidratação. “Ela não deve ser substituída pela água, mas pode ser inserida no cardápio ao longo do dia. Na praia ou na cidade, o consumo ideal é de quatro copos de 200 ml por dia”, diz a nutricionista. Se pode ou não comer aquela gordurinha branca da fruta? “Em quantidades moderadas, sim. Toda gordura confere nove calorias por grama, portanto, é calórica. Será engordativa se for ingerida de forma inadequada”. O mesmo vale para o água do coco, que chega a ter 60 calorias por 100 ml. “Por isso não pode ser substituída pela água natural, que tem zero caloria”. 

Comer de três em três horas
A importância de se alimentar de três em três horas é válida também para dias mais quentes. Isso porque é preciso manter o nível de glicemia sanguínea, diz Rosemeire. “Se a ela cair muito, o organismo pedirá ainda mais alimento na próxima refeição”.  

E depois dessa aula sobre a importância e os benefícios de certos alimentos durante o verão, que tal dar uma olhadinha em um cardápio de baixa caloria que a nutricionista preparou para os dias mais quentes?  São três opções com até 1.300 calorias para você manter a forma e ficar ainda mais linda neste verão!

Cardápio 1

Café da manhã: duas fatias de pão integral, uma fatia de queijo branco e um copo de suco de frutas

Lanche: iogurte desnatado

Almoço: quatro colheres (sopa) de arroz, duas colheres (sopa) de feijão, uma carne grelhada, legumes, salada de folhas e uma fruta

Lanche da tarde: iogurte cereal com três colheres (sopa) de granola e uma fruta

Jantar: sopa fria, salada e uma fruta

Lanche da noite: um copo de leite desnatado

Cardápio 2

Café da manhã: duas fatias de pão integral com geleia e uma xícara de café com leite

Lanche: uma fruta e uma castanha-do-pará

Almoço: a quantidade de um prato de sobremesa de macarrão com molho de tomate, um grelhado, salada e uma fruta

Lanche da tarde: quatro torradas e um copo de suco de fruta

Jantar: salada com grelhado e uma fruta

Lanche da noite: iogurte desnatado

Cardápio 3

Café da manhã: uma porção de salada de frutas e iogurte desnatado com meia xícara de chá de granola

Lanche: fruta

Almoço: quatro colheres (sopa) arroz, duas colheres (sopa) feijão, um filé de peixe, legumes, e salada e uma fruta

Lanche da tarde: uma fatia de pão integral, duas fatias de blanquete de peru, uma fatia de queijo e um suco de frutas

Jantar: sopa fria, ou então, um grelhado com legumes, salada, e uma fruta

Lanche da noite: um copo de leite desnatado batido com maçã.

Aurora Aguiar

Tags

Leia Também

veja mais
A Introspection desenvolve software de qualidade utilizando metodologia ágil