Home > Amor & Sexo > Amor & Sexo

Entenda as causas da falta de desejo sexual nas mulheres

“Algumas precisam ser estimuladas pelo parceiro para sentir vontade de transar”, diz

Domingo, 20 de Maio de 2012 - por Aurora Aguiar
Entenda as causas da falta de desejo sexual nas mulheres
Stock.XCHNG

É comum que mulheres desconheçam as possíveis causas relacionadas à falta ou diminuição do desejo sexual. Para a terapeuta Ana Canosa, a ausência da libido pode estar ligada a um relacionamento tumultuado, daqueles recheados de problemas pessoais, financeiros e familiares, na necessidade de ajuda médica ou até mesmo a um trauma de agressão sexual. Para entender melhor sobre o tema, a especialista explica de que maneira o interesse pelo sexo acontece no homem e na mulher, e depois classifica as diferentes mulheres afetadas pela falta de desejo.

À primeira vista, por que o sexo para os homens parece mais importante do que para as mulheres?
Em comparação ao homem, o sexo não é a maior das prioridades para as mulheres. A importância masculina é maior até por uma questão hormonal. Os homens têm uma maior produção de testosterona, que é o hormônio do desejo e eles têm essa produção a vida toda, que só no final da vida vai decrescendo, isso lá na terceira idade. Já a mulher, convive com uma variação hormonal durante o ciclo mensal muito maior. Por isso, nem todas as mulheres sentem o desejo no corpo. Às vezes elas precisam de um estímulo, uma fantasia para a coisa acontecer.

Como assim?
Existem muitas mulheres que vão ter o desejo a partir da excitação. Antigamente, especialistas classificavam a resposta sexual humana em quatro fases: desejo, excitação, orgasmo e resolução. Se a mulher não tivesse desejo, já falavam que ela tinha problema de desejo sexual. Há pouco tempo atrás, uma psiquiatra canadense chamada Rosemary Basson veio com uma nova resposta para o desejo sexual feminino. Ela disse que nem todas as mulheres começam a resposta a partir do desejo, ou seja, ela não sente vontade de transar. Mas a partir do momento que ela se excita, ou seja, quando ela está na relação, aí vem o desejo de continuar. É um desejo retroalimentado pela excitação.

Como você classifica as mulheres com falta ou diminuição do desejo sexual?
Tem aquela mulher que não tem vontade de transar nunca, ou por problemas passados, ou que teve problemas de agressão sexual... Existem aquelas que têm a vontade de transar, mas passam por uma variação de desejo ao longo da vida: desde as questões físicas, o que inclui também a negligência do parceiro no aspecto físico, a menopausa, a variação hormonal, e têm aquelas, como eu já citei, que não tem esse desejo no corpo, mas quando estimuladas gostam da relação.

E elas devem dividir isso com o parceiro?
Sempre, porque a pior coisa é a mulher se sentir pressionada a fazer sexo sem vontade. Ela deve buscar um ginecologista para fazer as dosagens hormonais, porque essa mulher pode ter problema de tireóide ou um problema hormonal. Pode ainda verificar as medicações que tem tomado, porque isso pode também interferir no desejo.

Se o problema não estiver ligado à avaliação física, que dicas você daria para esquentar a relação sexual do casal?
Não deixe que a atividade da casa apague o desejo, a intenção de transar. Priorize o sexo. Chegue em casa, tome um banho e vá namorar. Deixe de lado as tarefas domésticas, tome cuidado com as interferências subjetivas, por exemplo, ficar pensando na agenda do dia seguinte. Não perca o foco. O que pode ajudar muito é o recurso erótico. Ela pode ler um conto sensual, ela pode pensar numa cena que ela teve com o parceiro durante a própria transa... Vale também uma visita a um sex shop.

Especialista ainda conta o que pode ser feito para evitar essa situação
Vida a dois
Razão ou emoção: como você reage quando descobre uma traição?
A Introspection desenvolve software de qualidade utilizando metodologia ágil